8 Benefícios do Óleo de Coco para os maiores

benefícios do óleo de coco na velhice


A velhice é para ser vivida com saúde, isso é uma frase repetida até a saciedade, que é desfrutar de uma boa saúde, no período áureo de nossa vida, é algo essencial para continuar a desfrutar ao máximo e em plenas condições de os prazeres que ela nos oferece. Então nós queremos que você conheça esses 8 benefícios do óleo de coco para os maiores, toma nota e melhora a sua saúde e a de toda a sua família já:


1 – Ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue e reduzir as doenças cardiovasculares.


Os problemas de mau colesterol elevado e doenças cardiovasculares costumam ter um grande índice de incidência na terceira idade. No entanto, o óleo de coco virgem favorece enormemente a saúde cardiovascular. Os ácidos graxos do óleo de coco, em particular, os triglicerídeos de cadeia média e ácidos dodecanoico, contribuem para diminuir os valores de colesterol ruim no sangue e, portanto, os riscos de contrair uma doença de tipo cardiovascular. Mas não só ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL), mas que, ao mesmo tempo, o óleo de coco pode contribuir para aumentar os níveis de colesterol bom (HDL).


2 – Ajuda a combater o excesso de peso e a obesidade.


A velhice é uma fase da vida muito ligada ao sedentarismo e à falta de exercício físico, por isso a probabilidade de engordar tende a ser maior. Por isso, é muito importante manter os quilos a mais por todos os riscos que podem acarretar para a saúde, o sobrepeso e a obesidade a estas idades: diabetes, excesso de “mau” colesterol, doenças cardiovasculares, gota, hipertensão, problemas de ossos, etc., Os ácidos graxos de cadeia média contidos no óleo de coco ajudam a aumentar o gasto de energia, acelerar o metabolismo e, por conseguinte, a queimar gordura corporal. O óleo de coco por si só, não vai fazer milagres, é importante incluí-lo dentro de uma dieta saudável e ligada a um pouco de exercício físico. Veja mais sobre Conutherm


3 – Ajuda na luta contra o mal de Alzheimer.


Já está provado cientificamente o papel favorecedor que possui o óleo de coco na luta contra a doença de Alzheimer, uma doença que tende a desenvolver-se em idades avançadas. Os pacientes com doença de Alzheimer têm melhorias muito animadoras em sua doença com a introdução do óleo de coco em sua dieta. Como atua o óleo de coco sobre esta doença? O óleo de coco é metabolizada em energia diretamente no fígado, criando corpos cetónicos que são usados pelas células do cérebro como a energia adicional que de outra forma seria impossível, e provocando uma melhora cognitiva considerável em pouco tempo.


4 – Ajuda o sistema imunológico.


À medida que vamos envelhecendo, o sistema imunitário vai-se debilitando, já não trabalha assim: mais lento, aumentando assim a probabilidade de ficar doente, há que sanemos de forma mais lenta e, em suma, está mais exposto a todo tipo de infecções e doenças. O ácido dodecanoico é o precursor da monolaurina, um composto que favorece o reforço do sistema imunológico. Qual é o ácido graxo mais abundante no óleo de coco? Efetivamente, o ácido dodecanoico (quase 50% do total de ácidos graxos), o que o torna um superalimento para fortalecer o sistema imunológico.


benefícios do óleo de coco para os maiores


5 – É um antibiótico natural que ajuda a combater as infecções.


Como indicamos anteriormente, a velhice acarreta um enfraquecimento do sistema imunológico e, portanto, a exposição a contrair diversas doenças causadas por micróbios e vírus é maior. A monolaurina, que se cria a partir do ácido dodecanoico, contém efeitos antimicrobianos, antibacterianos e antivirais muito poderosas, o que faz do óleo de coco em que o antibiótico natural mais potente. Diversos estudos científicos têm demonstrado a eficiência da monolaurina na luta contra a multidão de infecções, incluindo a temida cândida.


6 – Melhora a saúde do cabelo.


O estado do cabelo é posta em causa, conforme passam os anos, mostrando claros sintomas de enfraquecimento na terceira idade, devido a alterações hormonais e ao envelhecimento natural. O estado do cabelo contribui para ter uma boa aparência e o óleo de coco ajuda de forma extraordinária neste aspecto. O óleo de coco é rico em ácidos graxos e também em vitaminas e e K, potássio, magnésio, cálcio e ferro e tem a qualidade de ser um óleo de baixo peso molecular, o que, ao contrário de outros óleos, há que penetra profundamente na fibra capilar, ajudando a manter as proteínas e a hidratação natural do cabelo.


7 – Ajuda a cuidar e melhorar o estado da pele.


Um claro sintoma de que somos maiores é o envelhecimento da pele; ela perde a hidratação, elasticidade e mostra-se mais vincada. Pois bem, embora já não será possível voltar a ter a pele quando se tem 30 anos, pois a produção de colágeno é muito menor, os ácidos graxos contidos no óleo de coco virgem contribuem de forma eficaz para melhorar a saúde e o estado da nossa pele, dando uma aparência mais jovem, luminosa e saudável. Entre outras coisas, ajuda a reduzir as manchas, reduzir os danos causados pelos radicais livres e suaviza as rugas do rosto e pescoço. Mas não é só isso, também melhora os estados de psoríase e dermatite atópica, elimina fungos, melhora a pele irritada e inflamada ou melhora a pele sensível, entre outras coisas.


8 – Melhora a saúde oral.


A saúde oral influencia de maneira importante no estado de saúde geral da pessoa maior. Na terceira idade é comum enfrentar alterações na saúde oral, em parte, pelo uso de próteses dentárias, aumento do consumo de medicamentos, etc., O efeito antibacteriano e antifúngico do óleo de coco, fazem com que o uso de forma contínua como um enxágue bucal possa contribuir para manter uma boca mais saudável, com a importância que isso implica para pessoas com idade avançada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *