8 Benefícios do Óleo de Coco para os maiores

benefícios do óleo de coco na velhice


A velhice é para ser vivida com saúde, isso é uma frase repetida até a saciedade, que é desfrutar de uma boa saúde, no período áureo de nossa vida, é algo essencial para continuar a desfrutar ao máximo e em plenas condições de os prazeres que ela nos oferece. Então nós queremos que você conheça esses 8 benefícios do óleo de coco para os maiores, toma nota e melhora a sua saúde e a de toda a sua família já:


1 – Ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue e reduzir as doenças cardiovasculares.


Os problemas de mau colesterol elevado e doenças cardiovasculares costumam ter um grande índice de incidência na terceira idade. No entanto, o óleo de coco virgem favorece enormemente a saúde cardiovascular. Os ácidos graxos do óleo de coco, em particular, os triglicerídeos de cadeia média e ácidos dodecanoico, contribuem para diminuir os valores de colesterol ruim no sangue e, portanto, os riscos de contrair uma doença de tipo cardiovascular. Mas não só ajuda a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL), mas que, ao mesmo tempo, o óleo de coco pode contribuir para aumentar os níveis de colesterol bom (HDL).


2 – Ajuda a combater o excesso de peso e a obesidade.


A velhice é uma fase da vida muito ligada ao sedentarismo e à falta de exercício físico, por isso a probabilidade de engordar tende a ser maior. Por isso, é muito importante manter os quilos a mais por todos os riscos que podem acarretar para a saúde, o sobrepeso e a obesidade a estas idades: diabetes, excesso de “mau” colesterol, doenças cardiovasculares, gota, hipertensão, problemas de ossos, etc., Os ácidos graxos de cadeia média contidos no óleo de coco ajudam a aumentar o gasto de energia, acelerar o metabolismo e, por conseguinte, a queimar gordura corporal. O óleo de coco por si só, não vai fazer milagres, é importante incluí-lo dentro de uma dieta saudável e ligada a um pouco de exercício físico. Veja mais sobre Conutherm


3 – Ajuda na luta contra o mal de Alzheimer.


Já está provado cientificamente o papel favorecedor que possui o óleo de coco na luta contra a doença de Alzheimer, uma doença que tende a desenvolver-se em idades avançadas. Os pacientes com doença de Alzheimer têm melhorias muito animadoras em sua doença com a introdução do óleo de coco em sua dieta. Como atua o óleo de coco sobre esta doença? O óleo de coco é metabolizada em energia diretamente no fígado, criando corpos cetónicos que são usados pelas células do cérebro como a energia adicional que de outra forma seria impossível, e provocando uma melhora cognitiva considerável em pouco tempo.


4 – Ajuda o sistema imunológico.


À medida que vamos envelhecendo, o sistema imunitário vai-se debilitando, já não trabalha assim: mais lento, aumentando assim a probabilidade de ficar doente, há que sanemos de forma mais lenta e, em suma, está mais exposto a todo tipo de infecções e doenças. O ácido dodecanoico é o precursor da monolaurina, um composto que favorece o reforço do sistema imunológico. Qual é o ácido graxo mais abundante no óleo de coco? Efetivamente, o ácido dodecanoico (quase 50% do total de ácidos graxos), o que o torna um superalimento para fortalecer o sistema imunológico.


benefícios do óleo de coco para os maiores


5 – É um antibiótico natural que ajuda a combater as infecções.


Como indicamos anteriormente, a velhice acarreta um enfraquecimento do sistema imunológico e, portanto, a exposição a contrair diversas doenças causadas por micróbios e vírus é maior. A monolaurina, que se cria a partir do ácido dodecanoico, contém efeitos antimicrobianos, antibacterianos e antivirais muito poderosas, o que faz do óleo de coco em que o antibiótico natural mais potente. Diversos estudos científicos têm demonstrado a eficiência da monolaurina na luta contra a multidão de infecções, incluindo a temida cândida.


6 – Melhora a saúde do cabelo.


O estado do cabelo é posta em causa, conforme passam os anos, mostrando claros sintomas de enfraquecimento na terceira idade, devido a alterações hormonais e ao envelhecimento natural. O estado do cabelo contribui para ter uma boa aparência e o óleo de coco ajuda de forma extraordinária neste aspecto. O óleo de coco é rico em ácidos graxos e também em vitaminas e e K, potássio, magnésio, cálcio e ferro e tem a qualidade de ser um óleo de baixo peso molecular, o que, ao contrário de outros óleos, há que penetra profundamente na fibra capilar, ajudando a manter as proteínas e a hidratação natural do cabelo.


7 – Ajuda a cuidar e melhorar o estado da pele.


Um claro sintoma de que somos maiores é o envelhecimento da pele; ela perde a hidratação, elasticidade e mostra-se mais vincada. Pois bem, embora já não será possível voltar a ter a pele quando se tem 30 anos, pois a produção de colágeno é muito menor, os ácidos graxos contidos no óleo de coco virgem contribuem de forma eficaz para melhorar a saúde e o estado da nossa pele, dando uma aparência mais jovem, luminosa e saudável. Entre outras coisas, ajuda a reduzir as manchas, reduzir os danos causados pelos radicais livres e suaviza as rugas do rosto e pescoço. Mas não é só isso, também melhora os estados de psoríase e dermatite atópica, elimina fungos, melhora a pele irritada e inflamada ou melhora a pele sensível, entre outras coisas.


8 – Melhora a saúde oral.


A saúde oral influencia de maneira importante no estado de saúde geral da pessoa maior. Na terceira idade é comum enfrentar alterações na saúde oral, em parte, pelo uso de próteses dentárias, aumento do consumo de medicamentos, etc., O efeito antibacteriano e antifúngico do óleo de coco, fazem com que o uso de forma contínua como um enxágue bucal possa contribuir para manter uma boca mais saudável, com a importância que isso implica para pessoas com idade avançada.

Melhores alimentos para um café da manhã com proteínas

O pequeno almoço é muito importante, e certamente você está cansado de ouvir que café da manhã é a refeição mais importante do dia. São os primeiros nutrientes que você fornece ao seu organismo para que comece o dia com energia e o seu metabolismo é posta a funcionar.

Você tem que começar o dia com alimentos adequados, e por isso oferecemos uma lista com sete alimentos ricos em proteínas para preparar um café da manhã saudável e energético.

1. Ovos

Os ovos contêm todos os aminoácidos necessários para ganhar massa muscular. Além disso, têm propriedades saciantes, o que ajuda a evitar a gula e a não cortar a meio da manhã. Por isso, são bons para dietas para perder peso. Além disso, este clássico ingrediente do pequeno-almoço inglês contém nutrientes bons para a pele, o sistema imunológico, o cérebro e o fígado, já que é rico em vitamina A, riboflavina e colina.

O ovo é um alimento energético

2. Iogurte grego

De entrada, talvez, o iogurte grego não se pareça com o alimento ideal para perder peso, mas há os baixos em gorduras. É fonte essencial de proteínas lácteas, muito recomendados para os músculos e para perda de peso. Também fornece ao organismo bactérias benéficas para o sistema digestivo, assim como o iogurte natural.

Melhores petiscos para por a noite

3. Manteiga de amendoim

A manteiga de amendoim é um dos melhores alimentos com proteínas ao pequeno-almoço. Tem muitas calorias, por isso é recomendado comer em pequenas doses. Você pode adicionar manteiga de amendoim para os seus iogurtes, smoothies ou manchá-la em uma torrada de pão integral. Assim você terá uma mistura de carboidratos e proteínas, que lhe dará a energia necessária ao seu organismo e ao seu cérebro para enfrentar o dia.

Manteiga de amendoim é rica em proteínas

 

4. Queijo cottage

O queijo cottage é um ingrediente ideal para preparar saladas saudáveis, mas também é um bom alimento para o café da manhã. O que você pode fazer como se fosse um iogurte com fruta cortada ou frutos do bosque e um pouco de canela, por exemplo. Esta combinação promove o poder de queimar gorduras e as proteínas. Mas se preferir comer sozinho, também se fartará para que não se entre a fome em horas.

Queijo cottage para o café da manhã

5. Salsichas de frango

Não há necessidade de preparar todos os dias salsichas de frango para o almoço, mas talvez seja boa ideia incluir um brunch durante o fim-de-semana. Um bom pequeno-almoço que se mantenha saciado durante horas é a melhor opção para emagrecer. O frango proporciona proteínas que o corpo digere, e para isso, queima calorias.

Muitas de frango para o almoço com proteínas

6. Quinoa

A quinoa é um superalimento muito de moda. É um pseudocereal com inúmeras propriedades benéficas para o organismo e nutrientes essenciais. Assim como o queijo cottage é muito versátil, já que pode ser usado tanto como ingrediente para saladas de quinoa, como para preparar o pequeno-almoço com quinoa. É um carboidrato complexo que sacia a fome e regula o nível de açúcar no sangue.

A quinoa é um alimento muito energético

7. Leite semidesnatado

Não há nada mais clássico para o café da manhã que uma tigela de cereais com leite. Se você optar por cereais baixos em açúcar e optar por flocos de aveia ou cereais integrais, não há nenhum problema, o pequeno-almoço, continuará saudável. É um café da manhã rico em carboidratos e proteínas, ideal para dar-lhe o organismo desde pela manhã, os nutrientes que ela precisa para enfrentar o dia com mais energia. Isso sim, melhor que seja leite semidesnatado.

Leite desnatado

Só HOJE para começar a nossa guia com este incrível desconto!

Descubra todas as vantagens de tomar um pequeno-almoço saudável todos os dias. Em nosso ebook coletamos os melhores dicas e receitas para fazer com que o pequeno-almoço seja a refeição mais importante do dia.

 

Veja aqui nesse site sobre colastrina, vai te ajudar a acabar com as estrias facilmente.

Mantenha-se alerta para os alimentos derivados do petróleo e seus perigos

Ninguém com dois dedos de testa se lembraria de pegar uma colher e começar a comê-lo como se fosse uma sopa, o petróleo está presente em muitos alimentos, os que cremos. No YouTube circula um vídeo onde o protagonista põe fogo a seus Doritos, que ardem como se fossem petróleo. Isto se deve a que os Doritos, ao igual que muitos lanches semelhantes, são alimentos que derivam do petróleo, mas há muitos mais. Certeza que você não acha que algum deles for o caso do petróleo.

Mas antes de dar nomes há que fazer um matiz: não se trata de alimento em si, mas os corantes, antioxidantes e conservantes que são utilizados para produzi-los. Alguns, como é o caso de os lanches, têm uma grande presença destes derivados do petróleo. Se nos colocamos muito exigentes, há que acrescentar que a maioria dos alimentos embalados em latas, garrafas ou em bandejas de plástico que encontramos no supermercado também são derivados, já que o petróleo é imprescindível para estas latas ou garrafas, mas vamos falar diretamente o que comemos.

A lista de alimentos derivados do petróleo

Começamos pelos alimentos processados com corantes, uma lista em que se incluem a maioria de bebidas, lanches e guloseimas de cores laranjas ou amarelos (lembre-se que a maioria não inclui todos estes produtos). Precisamente essa cor tão característico de alimentos como Doritos de que falávamos antes ou Cheetos, é culpa de o brasil, um corante artificial que vem do alcatrão e que também é conhecido como E102 ou Yellow 5. Relacionado com a hiperatividade infantil, os alimentos que o contenham, devem informar no rótulo.

ursos-gomas-cores

Mas o Yellow 5 não é o único corante derivado do petróleo que consumimos no nosso dia-a-dia. A Rede 3 ou erythrosina, é proibido em cosméticos por sua relação com o câncer de tireóide é usado nas gomas de cor vermelha; e a Rede 40, que provoca hipersensibilidade em crianças ou reações alérgicas, o encontramos em alguns tipos de Pringles, algumas tortas sopas de Kellog’s ou M&M’s, onde também aparecem o Yellow 5 e o Yellow 6, outro derivado do petróleo.

Outro clássico quando falamos de alimentos derivados do petróleo são os nuggets de frango, que podem ser muito saborosos até que olhamos para o seu conteúdo. O mais destacado é o óleo de soja hidrogenado, com TBHQ, um derivado do petróleo que é sintetizado industrialmente para usá-lo como estabilizador em perfumes, resinas ou vernizes. Mas os nuggets não são o único alimento com TBHQ: os cereais Teddy Grahams, muito populares nos EUA, biscoitos estilo cracker ou algumas pizzas também o incluem.

biscoitos-cracker-com-queijo

Como evitar os derivados do petróleo

Além dos M&M’s alguns chocolates também são feitos a partir de derivados do petróleo, que costumam ser rotulados como cera de parafina. Os muffins de cores ou qualquer produto com uma cor não natural, a comida pre-cooked, todos estes alimentos contêm derivados do petróleo então, se você quiser removê-los de sua dieta, você pode optar por não comprá-los e substituí-los por outros produtos mais frescos ou do quilômetro 0, que não precisem de prolongar a sua vida útil ou acentuar a sua cor e sabor de forma artificial.

Jiri Hera || Shutterstock

Identificar esses alimentos derivados do petróleo é tão fácil como olhar para o rótulo e verifique se eles têm ou não desses produtos derivados do petróleo. Também é verdade que a maioria desses alimentos não se correspondem com os que deveriam estar presentes em uma dieta saudável, assim que se você removê-los de seu dia-a-dia, este pode ser o primeiro saudável para hábitos alimentares mais saudáveis.

Para saber mais dicas sobre isso, acesse: https://oblogdapaty.com/quitoplan-funciona/

Os melhores superalimentos para ter uma gravidez saudável

A gravidez é uma fase em que as mulheres têm de prestar especial atenção ao seu estado de saúde. É importante manter uma dieta saudável e equilibrada para que o bebê se desenvolva com normalidade, e para que a mãe não sofra de nenhuma falta durante esse período de nove meses.


Se você está grávida, não desista de comer tudo o que lhe apetecer, mas é que a sua dieta não falte nenhum dos nutrientes essenciais. Para isso, incorpora à sua alimentação diária algum destes superalimentos, e desfrute com tranquilidade deste belo momento de sua vida.


Os legumes de folha verde


Uma das carências mais comuns que costumam sofrer as grávidas é a falta de ferro. E é que neste período de mudanças, e sobre tudo depois do parto, as reservas de ferro no organismo da mãe costumam descer do produto. Um dos melhores alimentos que você pode consumir durante a gravidez são as verduras de folha verde, especialmente os espinafres. E é que o seu alto teor em ferro e em vitamina c, ajudam a mãe a sentir-se mais vital, tanto antes como depois de dar à luz.


Mais razões por que comer espinafre



Os frutos do mar com casca


Os mexilhões, amêijoas, as facas ou os berbigões, também estão catalogados de superalimentos na fase da gravidez. E é que, além de serem muito ricos em ferro, contêm uma grande quantidade de minerais essenciais que ajudam a combater os estados de fadiga e astenia típicos da mulher grávida. Sim, você tem que tomar cuidado na hora de consumi-los, e garantir que estejam sempre bem cozidos ou passados a ferro, para evitar qualquer tipo de intoxicação alimentar.


laticínios fortificados benefícios


Os lácteos


A mulher grávida precisa também de uma importante ingestão diária de cálcio porque, além de que o seu corpo se prepara para enfrentar a fase de amamentação, os ossos da mãe podem sofrer um processo de descalcificação acelerado depois do parto.


Cada copo de leite que consuma a mãe, lhe dará em torno de 1.000 mg de cálcio, ou o que é o mesmo, 30% da quantidade diária recomendada de cálcio na gravidez. Isso sim, é preferível consumir leite semi-desnatado ou leite inteiro, para ter certeza de estar tomando todo o cálcio de que precisamos.


banana benefícios


A banana


Durante a gravidez é normal também sofrer de cansaço ou fadiga, especialmente as mães que têm mais filhos, e têm muitas tarefas que atender, tanto dentro como fora de casa. Um aliado perfeito para combater os estados de fadiga é a banana, uma fruta rica em potássio que, além de fornecer muita energia para a mãe, a bananatambém irá ajudá-lo a combater os indesejáveis cólicas que costumam sofrer durante o terceiro trimestre da gravidez.

melhores legumes quais são

As leguminosas


A futura mamãe também precisa de um aporte extra de proteínas para se sentir mais saudável. Por isso, é muito recomendável a ingestão de proteínas de origem vegetal que estão presentes, sobretudo, nas leguminosas. Um copo de lentilhas, por exemplo, contribui com cerca de 15 gramas de proteínas, e um copo com 100 gramas de grão-de-bico, contém cerca de 19 gramas de proteínas.


O brócolis


O ácido fólico é outro dos nutrientes que deve estar presente na dieta de mulheres grávidas, especialmente durante o primeiro trimestre de gestação, pois evita algumas malformações no tubo neural do feto. Um dos alimentos estrela, e que mais quantidade de ácido fólico, contém, é o brócolis. Além disso, esta extraordinária legumes também fornece fibra, vitamina C e muitos outros antioxidantes, como a mãe gestante.

Os melhores alimentos ricos em proteínas para o café da manhã

Se existe uma comida realmente importante no nosso dia-a-dia, que costuma passar muitas vezes pelo alto, por isso de ser a primeira, é o café da manhã. São muito poucos os que tomarem convenientemente, não apenas o suficiente para aguentar toda a manhã sem fome e com forças, mas de uma maneira saudável. Os pequenos-almoços saudáveis são a base de qualquer boa dieta, e para isso precisamos tomar o pequeno-almoço proteínas, que nos fornecem os nutrientes e a energia necessária para enfrentar o dia-a-dia com força.


Calculadora de proteínas por alimento


Aqui vamos mostrar os alimentos com mais proteínas, para que possa preparar as suas próprias refeições nutritivas e comece o dia com a energia necessária para aguentar o trabalho, as classes e o que vier. Toma nota:


manteiga de amendoim para o café da manhã


Manteiga de amendoim natural


Um pequeno-almoço mais delicioso e típicos nos Estados Unidos, mas no mundo latino-americano não seja tão popular. A manteiga de amendoim ou amendoim tem que ser totalmente natural, para manter seu alto conteúdo em proteínas e não vir processada com mais de açúcar, que só nos fazem engordar.


O ovo é um alimento energético


Ovos


Podem perfeitamente fazer parte de um pequeno-almoço saudável, desde que não nos excedamos muito com eles (por seu alto teor em colesterol) Os ovos trazem muitas proteínas e são uma das melhores fontes de energia para começar o dia. Os britânicos o conhecem, e por isso é um alimento indispensável em todos os seus pequenos-almoços.


Melhores petiscos para por a noite


Iogurte grego


Comparado com outros iogurtes e cremes, iogurte grego tem o dobro de proteínas, sendo assim um dos melhores pequenos-almoços, que podemos encontrar para atingir a quantidade diária recomendada desses nutrientes. Além disso, podemos acrescentar pedaços de frutas, como morangos, framboesas ou até a abóbora, a nosso gosto, para lhe dar o sabor que você deseja e desfrutar de um pequeno-almoço saudável, nutritivo e também requintado.



peito de frango para ter um café da manhã com proteínas


Peito de frango


Alguém pode pensar que estamos loucos incluindo um alimento, assim, em um pequeno, mas é algo comum, principalmente em países anglo-saxões, onde se costuma tomar o pequeno-almoço “forte” incluir peito de frango na primeira refeição do dia, com todo o aporte de proteínas que isso implica. Seguro que assim não chegar com fome para o almoço.


salmon-defumado


Salmão


Também pouco habitual como café da manhã, especialmente em algumas regiões e país, o salmão um dos melhores alimentos para a hora de começar proteínas e nutrientes, como ômega 3, que ajudam o nosso corpo a manter o equilíbrio e nos protege de muitas doenças. Seu sabor, além disso, é delicioso, e como tem apenas gorduras é uma escolha perfeita para aqueles que procuram também perder peso.


Você tem claro, já que você vai tomar o pequeno-almoço de amanhã?

Os melhores alimentos para desintoxicar seu organismo

Estar bem com si mesmo, à vontade e em condições de levar uma vida plena não costuma ser fácil e menos nesta época, cercados como estamos de tantos hábitos pouco saudáveis. Às vezes, apesar de tentar levar uma vida o mais saudável possível, o nosso corpo de repente nos faz sentir mal, com um mal-estar estranho que se concentra em algumas ocasiões no estômago, outras na cabeça… Estágios em que vamos ao banheiro mais do que o habitual, outras em que acontece justo o contrário, e tudo isso coincide com esse mal-estar que, se bem não é o fim do mundo, se o que nos impede de estar sempre a cem por cento.


O corpo humano é uma máquina quase perfeita criada pela natureza para que tenhamos uma vida plena, mas às vezes não funciona cem por cento como deveria. Às vezes, o nosso próprio corpo retém certas substâncias que deve evacuar de forma natural, já que não são nada benéficas para nós. É verdade que, na maioria dos casos, ocorre porque consumimos uma quantidade enorme desse tipo de substância, e o organismo não pode assimilá-la por completo como deveria.


alimentos para desintoxicar o organismo


É importante entender que a desintoxicar nosso corpo a cada certo tempo pode ser uma ajuda incrível para a hora não só de nos sentirmos melhor, mas também de evitar determinadas doenças e/ou enfermidades, que podem vir a ocorrer quando o nosso corpo não funciona cem por cento. Felizmente para nós, há muitos alimentos que nos ajudam a desintoxicar o nosso organismo de uma forma simples e rápida. De fato, para tirá-los de forma constante, como parte de nossa dieta habitual, nos permitirá levar uma vida muito mais saudável:


Espargos


Um desses alimentos que não podem faltar em dietas de desintoxicação, já que os pregos nos ajudarão a conseguir expulsar todas as toxinas e outras substâncias que não nos beneficiam, de nosso corpo, através de uma “limpeza a fundo” do organismo, especialmente focada em conseguir que o nosso fígado, o principal filtro destas toxinas, para funcionar corretamente.


espargos-alimento-desintoxicar


Brócolis


Odiado por muitos, este alimento aparece sempre em todas as dietas saudáveis, pois tem um grande poder para fazer com que a nossa vida seja muito mais saudável. É através das enzimas que tem como o brócolis pode alterar essas substâncias nocivas em nosso organismo a outras substâncias muito mais fáceis de se livrar de uma forma natural. Além disso, é muito nutritivo.


Benefícios do alho


Alho


É uma das peças centrais em boa parte das dietas que procuram desintoxicar o nosso organismo, e isso é devido a algo muito simples. O alho funciona como um potenciador de nossas defesas naturais, o que além de fazer com que estejamos mais preparados para evitar pegar qualquer doença, nos facilitará também a eliminar essas substâncias nocivas que às vezes ficam no nosso corpo.


Gengibre


Muito utilizado nos países anglo-saxões, o gengibre traz benefícios incríveis para o nosso corpo, seja misturado com algum chá ou bebida especial ou até mesmo fazendo doces com massa preparada com ele. Isto é devido à sua função adstringente, permitindo que o organismo seja capaz de eliminar rapidamente as toxinas que tenha ido acumulando. Especialmente indicado para os casos em que as toxinas provenientes do álcool.


Gengibre para eliminar toxinas


Toranja


Uma das mais saborosas e deliciosas frutas que existem é também um excelente alimento para dietas de desintoxicação, já que, além de seu sabor nos fornece muitos nutrientes. Alguns deles são especialmente eficazes para reativar o nosso sistema imunológico e ajudar o fígado a que possa expelir as substâncias tóxicas do nosso corpo de uma forma muito mais natural. Ainda diz que a toranja é um dos melhores alimentos para conseguir perder peso, já que ajuda a diminuir a gordura do nosso corpo.


Limão refrescante


Limão


Seja aderezando qualquer alimento, um bom suco com um pouco de açúcar ou simplesmente incluindo algumas gotas a nossa garrafa de água diária, o limão é um alimento excepcional para conseguir depurar nosso organismo de substâncias tóxicas e desnecessárias. Seus benefícios para a nossa saúde são conhecidos há séculos, e por isso sempre vem utilizando em todo o tipo de dietas, de qualquer parte do mundo, para tornar as refeições mais saudáveis.


Chá verde


Outro desses alimentos, que são sinônimo de saúde e vida equilibrada. O chá verde é usado desde os tempos antigos, sobretudo na China, para aliviar certas dores, prevenir doenças e acima de tudo, desintoxicar o nosso organismo, graças à sua função diurética. É saciante, delicioso e além disso não tem apenas calorias, por isso que consegue despertar o metabolismo e nos fazer perder peso, enquanto o tomamos. Além disso, se combinar esta infusão com qualquer um desses quatro chás de emagrecimento, você estará ajudando o seu organismo de forma dupla.


chá verde alimento desintoxicante


Maçã


Uma peça de maçã por dia é uma das recomendações que a grande maioria dos médicos e nutricionistas realizam para aqueles que sofrem com problemas de estômago, ou simplesmente querem perder peso. E é que esta fruta é um modelo de virtudes , entre as quais se encontram a prevenir doenças, para equilibrar o colesterol e, claro, ajudar a purificar o nosso corpo expelindo as toxinas maliciosas.